Dicas essenciais de como utilizar o cartão de crédito

Antes de mais nada, quero deixar bem claro que o cartão de crédito nada mais é que uma ferramenta.

Se bem usada pode facilitar muito a vida e se mal usada pode piorar ainda mais a situação financeira e provocar grandes estragos.

Portanto, para que você comece a usar essa ferramenta da maneira correta, seguem aqui algumas dicas muito importantes para que você possa evitar juros altos e despesas desnecessárias com o cartão de crédito.

1 – Utilizar apenas um cartão

Tendo mais de um cartão você fica propenso a exagerar nas contas e posteriormente, perder o controle de gastos.

Além disso, ter apenas um cartão ajuda a centralizar todas as contas, permitindo assim ser mais fácil saber quanto gastou.

2 – O limite do uso do cartão deve chegar à no máximo 30% do seu salário

Para que você não seja pego de surpresa nas contas, limitar o valor do cartão à um percentual onde você possa com folga pagar as contas caso aconteça algum imprevisto.

O cartão de crédito dá a falsa sensação que você não está gastando dinheiro, no entanto, está sim.  

É importante saber que o cartão não é uma extensão do salário, e sim um auxílio que pode ajudar a pagar as contas, portanto, uma ferramenta que posterga um tempo as contas para pagar depois.

3 – Postergar o pagamento de algo quando não tem dinheiro

Uma grande vantagem do cartão de crédito, é pagar as contas em várias pequenas prestações.

Se você tem dinheiro o suficiente, pagar à vista sempre é recomendado, no entanto, nem todo mundo tem dinheiro disponível assim, portanto, ter uma possibilidade de adquirir um bem necessário sem ter todo dinheiro (desde que sem juros) é muito bom. 

Ele também serve para ajudar a postergar as contas em um mês que orçamento financeiro foi prejudicado por alguma razão.

Você pode parcelar algumas dívidas para não ter que pagar tudo de uma vez até que a situação financeira se reestabeleça.

4 – Programas de desconto e vantagens

Para aqueles que utilizam o cartão de crédito com frequência, se inscrever em programas de milhas aéreas ou vantagens é uma boa forma de usar o cartão.

Muitas vezes é possível acumular pontos de forma a pagar um produto só com a pontuação ou adquiri uma passagem aérea através das milhas.

Além disso, existem cartões que oferecem vantagens tais como desconto em cinemas ou no abastecimento do carro.

5 – Nunca, mais nunca pagar o mínimo do cartão

Um dos motivos de eu recomendar ter um limite de 30% do seu salário é justamente pelo fato de existir esse pagamento mínimo da dívida, que possui juros muito altos.

Muitas pessoas se tornam inadimplentes no cartão de crédito porque se descontrolam nos gastos, e acabam tendo que pagar o mínimo e no final a dívida fica impagável.

6 – Evite pagar taxas de anuidade

Muitos não sabem, mas se souber negociar, as operadoras podem dispensar a taxa de anuidade do cartão e você pode mantê-lo sem nenhum custo.

Já é comum hoje ter muitas empresas que oferecem crédito e não cobram taxas, portanto, caso exista problema, você pode procurar novas opções.

7 – Registrar as despesas

O fato de manter apenas um cartão é muito importante para controlar e manter um registro de despesas. Estando todas em um único lugar, fica muito mais fácil controlá-las.

8 – Nunca faça cartões de crédito em lojas

É comum nas lojas existirem pessoas oferecendo cartões para compras na loja.

Não é recomendado fazer, pois toda vez que você faz um cartão desses, vocês precisam ir na loja para pagar o boleto o que pode incentivar a pessoa a realizar mais compras. 

9 – Não pague serviços controlados ou taxas cobradas pelo Governo no cartão

Como disse, o cartão é bom ser usado quando não se cobram juros. Justamente serviços que entram na lista com altos juros são principalmente energia elétrica, água e impostos. 

Além disso, não é recomendado pagar por cinemas, ou saídas de fim de semana no cartão pois facilmente você pode perder o controle de gastos.

Pague somente o que é necessário e principalmente que não possuam taxas de juros.

10 – Não faça saques com o cartão de crédito

A taxa que as operadoras cobram para realização de saques também são muito altas. Se pude, evite ao máximo sacar dinheiro do cartão.

Sobre JamesDoorman

Palestrante, Educador Financeiro e pesquisador a mais de 23 anos dos principais segredos das pessoas de sucesso e milionários por todo mundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *