7 Ladrões de dinheiro (o último é inesperado)

Você é daqueles que olha sua conta no banco e de repente percebe que usou tudo e nem sabe onde e como?

Você tem ideia para onde está indo seu dinheiro todos os meses?


A verdade é que existem alguns pequenos gastos que são “ladrões de dinheiro” e que se percebidos e corrigidos podem aumentar sua renda significativamente.


Segundo a CNDL (Confederação Nacional de Dirigentes e Lojistas) e o SPC Brasil (Serviço de Proteção ao Crédito) aproximadamente 61 milhões de brasileiros teriam começado o ano de 2020 com contas em atraso ou o CPF restrito para créditos ou compras parceladas.


Hoje vamos falar sobre 7 ladrões de dinheiro que você tem na sua vida e como se livrar deles.

1- Tarifas bancárias

Muitas pessoas acabam pagando por valores em pacotes e serviços de conta corrente e nem sabem disso.

É muito importante você ter alguma noção do que você está usando na sua conta bancária para verificar se não existem cobranças sobre serviços desnecessários.

Verificar o extrato bancário todos os meses é a melhor forma de saber sobre isso e descobrir se existem pequenas tarifas sendo cobradas por serviços que você nunca solicitou ou nem usa.


Atualmente, por lei, todo o banco é obrigado a oferecer um pacote de serviços essenciais gratuitos. São eles:

  • fornecimento de um cartão de débito;
  • dez folhas de cheque por mês;
  • quatro saques por mês;
  • dois extratos por mês;
  • até duas transferências entre contas do mesmo banco por mês;
  • consultas ilimitadas através da internet.

2- Energia elétrica

Você já deve saber, no entanto, volto a confirmar.

O chuveiro é o aparelho que mais consome energia elétrica na sua casa.

Um chuveiro elétrico (de 4500W) ligado durante 20 horas por mês
(banho de 20 minutos por dia para duas pessoas) pode custar até 58,50 na tarifa da luz.

Isso apenas para o chuveiro.


Não estou dizendo para tomar menos banhos, no entanto você pode tomar atitudes para usar mais comedidamente a energia.

Ficar menos tempo no chuveiro, tirar os aparelhos eletrônicos tais como a televisão do modo stand by, trocar as lâmpadas incandescentes por modelos de led, durante o dia não acender as luzes, entre outras coisas.

Economizar um pouco em cada coisa pode mudar drasticamente o valor da sua conta.

3- Emails de promoção e passeio em lojas

Mensagens de promoções, flyers de lojas com desconto, cadastro em app de compras e todas as outras coisas que são determinantes para compras de impulso e devem ser evitadas.

Muitas vezes você ter aquele desconto em um restaurante não significa que você vai pagar menos, mas sim vai gastar dinheiro que poderia economizar.

Se você pretende se tornar independente financeiramente, é necessário que você tome atitudes compatíveis com isso.

A promoção quase sempre é uma compra impulsiva.

Comece pelo básico. Descadastre seu nome de todos as lojas físicas e e-commerce que possam te oferecer algo, assim como, evite passeios em áreas de comércio se não for para comprar algo que você realmente precisa.

4- Multas por contas atrasadas

Não importa se é 1% ou 10%, pagar contas em atraso significa perder dinheiro.

Procure sempre pagar todas a contas em dia.

Programe-se e tente colocar todas a contas no mesmo vencimento, de preferência, logo após o dia do pagamento.


E pode parecer meio trivial, no entanto é a maior verdade, faça contas apenas que você sabe que consegue pagar e evite comprar por impulso.

5- Celular, serviços e assinaturas

É comum pagarmos os planos de assinatura que possuímos sem levarmos em conta a necessidade do mesmo.

Avalie se existem opções mais baratas que possam continuar atendendo a sua necessidade ou se não é questão de cancelar o serviço mesmo.


Vamos supor que você tem um pacote completo de TV por assinatura com todos os canais.


Você os assiste? Não seria hora de reavaliar para um plano mais simples e aproveitar realmente o seu dinheiro?

Ou então você tem um plano de celular, no entanto, usa muito
pouco?

Que tal passar para pré pago?


Outra coisa que poucos sabem é que as empresas muitas vezes oferecem descontos para clientes antigos.

Tente uma negociação para reduzir ou eliminar alguns itens dos seus serviços por assinatura.

E se a empresa não quiser entrar em negociação, procure por outras que
possam oferecer o mesmo serviço de forma mais barata.

6- Mercado sem lista de compras

O mercado, para aqueles que ainda não sabem, é construído de forma a levar o consumidor a gastar mais sempre.

Por isso a necessidade de uma compra consciente.


Não vá ao mercado apenas por entrar, que no final, você vai levar algum item extra e acabar fazendo aquilo que não é recomendado nunca: comprar por impulso.

Ainda, evite cair nas promoções supostamente imperdíveis.

O produto pode aparentar estar barato, no entanto pode ser que precise ser consumido rápido e se passar do vencimento, vira prejuízo.


Muita gente não gosta de fazer isso, mas uma boa pesquisa de preço pode ajudar muito a diminuir seus gastos com o supermercado.

Não precisa ficar indo de mercado em mercado para achar o melhor preço. Utilize a divulgação dos mercados a seu favor.

Veja os itens que estão em sites, nos jornaizinhos e encartes do mercado, nas ofertas via app e veja onde compensa comprar para economizar.

7- Relacionamento e família

Isso envolve aqueles jantares em restaurante, cinema nos finais de semana, filhos pedindo alguma coisa, entre outra coisas comuns que por afeto, acabamos cedendo ao ente querido.

Veja bem que não estou falando para você parar de fazer o que gosta e sim perceber quando o hábito se torna um exagero.

É necessário ir todo final de semana ao cinema?

Não pode ser um filme no Netflix?

Ao invés de comprar tudo ao seu filho, não seria mais correto ensiná-lo sobre o valor do dinheiro?

Pense a respeito. Não significa se privar das coisas que gosta, porém, agir com mais autocontrole quando o assunto é seu dinheiro.

Sobre JamesDoorman

Palestrante, Educador Financeiro e pesquisador a mais de 23 anos dos principais segredos das pessoas de sucesso e milionários por todo mundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *